PT/BR    EN    DE
André Henrique de Paula
"Tradução e interpretação são, na realidade, atividades tecnicamente muito distintas"
Apesar de constarem como sinônimos em diversos dicionários, a tradução e a interpretação são, na realidade, atividades tecnicamente muito distintas!

A tradução, em linhas gerais, requer tempo e recursos para consultas não só a dicionários como a outras fontes bibliográficas e, até mesmo, pesquisa técnica e cultural para aferir o sentido exato ao leitor a que se destina. O seu grande desafio é encontrar termos específicos que, combinados, reconstroem o texto original e seu significado em outro idioma, inserindo-o na realidade do leitor. Quando o projeto permite, a pesquisa terminológica é realizada diretamente na empresa e antes mesmo do início das atividades de tradução.

Já na interpretação simultânea atuam a rapidez de raciocínio, a bagagem cultural e a sensibilidade dos nossos intérpretes em repassarem aos ouvintes o essencialmente necessário para serem compreendidos naturalmente, proporcionando uma comunicação eficiente.

Se, por um lado, o produto da tradução chega ao usuário durante a leitura, na interpretação destacam-se a presença, a empatia e o dinamismo do intérprete, exigindo maestria na combinação de termos, agilidade de raciocínio e correta expressão gramatical.

Portanto, o intérprete tem um papel primordial em conferências, em visitas a empresas, em negociações, em encontros de chefes de Estado e em muitas outras situações, nas quais atua como mediador linguístico, possibilitando a compreensão dos idiomas falados pelas partes envolvidas.

Em muitos casos, o trabalho de interpretação exige a atuação de mais de um profissional, quando então a Translation Design coordena uma equipe bem integrada e homogênea, que prima pelo sigilo e pela eficiência na comunicação.


TRADU«√O E INTERPRETA«√O
CONSULTORIA
COORDENA«√O
TREINAMENTO INTERCULTURAL
REVIS√O E CORRE«√O
DTP
Novetta Criatividade